Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘feminismo’

Sabe quando você sabe de algo e você diz ‘pra que?’ Então é meio isso que sinto pelo Lulu. Mas diante de tantas coisas que li a respeito sinto que preciso falar sobre ele. Se eu fosse resumir em uma frase sobre o Lulu ela seria:
O Lulu é uma grande micareta virtual, cheia de pessoas bonitas e fúteis, mas nessa festa elas (as meninas) querem arrumar um namorado.

Atenção esse post vai ser extenso, então coloquei destaques, sinta-se a vontade pra ler apenas as partes que lhe interessem 😉
Ah nenhum amigo foi avaliado durante a execução desse texto. Há a opção de fechar sem salvar a avaliação. E para os meninos que quiserem retirar o perfil do Lulu (se você tem facebook você tem perfil, mesmo que não tenha nenhuma avaliação) é só acessar http://company.onlulu.com/deactivate só não sei se funciona de verdade :/

O QUE É O LULU – É um aplicativo que foi feito para celulares smartphone, mas não me pergunte desde quando e porque,  agora você pode acessar do seu computador mesmo, sem ter que instalar nada (parece que no celular tem). Basta estar com o facebook logado e entrar no https://onlulu.com/

É como um site de relacionamento, só que numa versão para as mulheres e outra para os homens (sim eu entrei pelo meu perfil e por de um amigo). Na versão feminina você pode acessar perfis de pessoas que estão no seu facebook e de pessoas que não estão. Porém eu não consegui achar, pela busca, nenhuma das pessoas que tentei achar que não estavam entre meus amigos. Ou seja ele vai sempre privilegiar seus amigos, mas se você tiver paciência pode achar o perfil de alguém que conhece, mas não está entre seus amigos.

lulu

Uma vez dentro do perfil da pessoa você responde um questionário (meio duvidoso) sobre:

Declarar sua relação com a pessoa (amiga, ex, atual, ta afim, parente) essa parte é obrigatória e aparece depois quantas ex, amigas, parentes responderam. Daí vem o questionário em si
1 Humor
2 Educação
3 Ambição
4 Aparência
5 Compromisso

Baseados nesses 5 quesitos é criada uma nota. Você não precisa responder os 5, pode responder apenas 1, mas tem que dar ao menos 1 resposta e 1  hashtag boa e 1 ruim, mas as hashtag não contam pontos e tem opção nada a declarar, nada de ruim e nada de bom.

Já na versão masculina pode-se apenas ver o próprio perfil e acrescentar coisas, mas dá pra saber que foi você e tem uns questionários bestas desses que a gente responde na 5ª série para incrementar um pouco mais seu perfil e assim conquistar ‘as gatas’.

homem1 home2

homem3

O LULU NÃO É FEMINISTA – NÃO, NÃO E NÃO!!!! Quem afirmar o contrário não acessou o aplicativo e/ou não sabe o que é feminismo. Feminismo não é o contrario de machismo. Feminismo prega a igualdade entre os gêneros, não o revanchismo ou a superioridade. E na realidade o Lulu nem é uma revanche ou femismo (conceito de que a mulher é superior). Na verdade ele é machista ao colocar a mulher num papel de extrema futilidade.  A maioria das hashtags são tolas, sequer chegam a ser realmente ofensivas, ou vai dizer que #usarider e #curteromerobrito é algo realmente ofensivo? E só pra ficar claro, não tem opções como ‘pau pequeno’, ‘ejaculação precoce’ nem a velha queixa ‘dorme depois da transa’. É tudo muito cor de rosa. Mesmo coisas sérias que remetem a agressões e violência são poucas hashtags, a maioria em inglês de gíria (o que deixa em dúvida se é realmente sobre agressão) e questões menos grave porém sérias como se usa camisinha sequer aparecem O mais próximo disso é “procreated then evaporated” (procriou depois evaporou).

O Lulu seria um aplicativo feminista se o objetivo da troca de informação fosse a proteção. Tipo se fosse uma lista de caras violentos, que já praticaram revenge porn, ameaças e afins. E mesmo se fosse sobre isso o fato de serem pessoas fazendo afirmações de formas anônimas tornaria a denúncia questionável. Enfim se você acha o Lulu feminista você tem que rever seus conceitos sobre feminismo.

MAS A FUNDADORA É MULHER – O fato dela ser uma mulher e ter 32 anos só não me causa uma tremenda vergonha alheia por eu no fundo saber que ela não fez o aplicativo afim de ajudar a humanidade ou as mulheres como ela afirma. Ela com certeza está pensando na própria conta bancária. Então nem vou aprofundar minha opinião sobre a mesma, pois eu perco tanto meu tempo tentando ajudar as pessoas que tô aqui lascada, então vai que ela me processa….

O LULU IGUALA AS MULHERES, TRATA OS HOMENS COMO OBJETOS – Pelamor! Menos mimimi nessa vida! Bem menos! Achar o Lulu um absurdo eu também acho, concordo e assino embaixo. Achar que isso chegue perto do que as mulheres passam repetidas e infinitas vezes é aquilo que tantos gostam de acusar as feministas VITIMISMO!!! Além do aplicativo em si ser bastante tolo trazendo coisas em maioria inofensivas você pode se descadastrar com alguns cliques. Se você considera o Lulu uma vingança e/ou o fim do mundo clique aqui e resolva seus problemas. Agora, repetindo o que disse num debate: Pronto resolvi seu problema, agora faz o mesmo por mim e me diz como eu faço pra não ouvir mais ‘cantadas’ nas ruas.

O Lulu não trás nada de bom ou benéfico, mas tem muito cara achando que ele chega perto do que passamos. Certo champz! Afinal falar que você é viciado em pornô tem o mesmo peso de ela é uma piranha rodada.

Mesmo assim se você se sentir ofendido nada impede que você processe o site. O primeiro já saiu, quem sabe se vários rapazes fizerem isso o ministério público tem o bom senso de pedir a retirada do site ou pelo menos que o homem precise autorizar pra ter o perfil exposto, já que o facebook alega que o app não infringe as regras. E antes que falem ‘mas isso é censura’, tudo tem limite, inclusive a liberdade, a sua acaba quando invade o espaço do outro.

Li um texto bem mimizeiro quem quiser um exemplo de exagero masculino perante o Lulu leia O aplicativo Lulu finalmente iguala as mulheres aos homens — no que eles têm de pior

O LULU REPRODUZ O QUE ACONTECE NA VIDA REAL – Bem no mundo que eu vivo existe algo chamado fofoca, a fofoca é algo praticado por muitos, mas qual o real valor da fofoca? Quer curte ser chamado de fofoqueiro?  Você acredita em algo quando a frase começa com ‘me disseram’? Quantas vezes você foi intimando uma por uma das pessoas até descobrir quem inventou ou pelo menos intimidar quem estivesse espalhando para que parasse?

Então é o que acontece uma vírgula! Eu não sei você, mas eu acredito em algo dependendo de quem contou. A internet por si só já propicia o anonimato através de fakes, mas criar um fake da trabalho. Ter uma ferramenta que possa falar de alguém de forma anônima sendo que a pessoa não pode ter o controle sobre o que é dito é algo na minha concepção absurdo e em nada tem haver com o mundo real.

Ok as mulheres falam e muito sobre seus parceiros (sim eu conto pra minhas amigas coisas muito piores do que eu li no Lulu), mas falamos por confiar nas nossas amigas, por estarmos ansiosas, por desabafo e as vezes pra causar inveja ou recalque. Falar na vida real é algo questionável. Eu mesma já tive N brigas por conta disso, então reproduzir um comportamento questionável não o torna menos questionável.

O LULU TROUXE UM DEBATE SOBRE A OBJETIFICAÇÃO DA MULHER – Sim isso é fato, mas será que ele vai trazer um retorno positivo? Não é bem isso que eu tenho visto…. Gostaria muito que o homem comum ao se ver sendo tratado como objeto pensasse “Nossa então é assim que as mulheres se sentem? Não vou fazer mais isso.”, mas até agora só vi homens que já tinham uma sensibilidade sobre o assunto vendo o assunto dessa forma, os demais partiram pra revolta e continuam com os mesmos discursos que antes, só que agora com uma carga de querer uma revanche.

E até um grupo formado por 2 guris e (pasmem) uma guria está prometendo vir com essa revanche. Se a coisa for do nível que eles estão prometendo vai ser tipo confronto de paus e pedras versus metralhadoras e bombas.

tubby

Depois os caras perceberam a merda e trocaram o piranha por boa de cama. A page deles trás as tags #engoletudo e #curtetapas super comparável ao Lulu, SQN!!!!! A página deles no facebook então, oh! Uma bosta! Pior é ver matéria na Exame e na Tech Tudo e as referidas mídias falam sobre o número de curtidas, sobre a vingança, mas sequer citam a diferença do tamanho da resposta. Valeu editora Abril!

E assim na boa, não que eu concorde com o Lulu, mas precisa de revanche? Coisas como o Testosterona e Orgulho Hetero não são o bastante? Hoje li um lixo onde apresentava como calcular a ‘kilometragem’ da mulher. A coisa mais fofa!

ANALISANDO O LULU – Me senti numa balada cheia de pessoas fúteis com conceitos de valores duvidosos. Tudo ali é uma futilidade condensada. Os quesitos analisado por si só não são ruins. Quem não quer um cara divertido e educado? Mas a forma como são analisados é nível teste da Capricho pra baixo.

As perguntas mudam de forma aleatória, mas o valor da nota se mantem pela colocação tipo a 1ª resposta vale 4 a última vale 10.

Algumas opções de resposta são tão “fofas” que realmente me sinto lendo a capricho (tipo me sinto num planeta de gente retardada). Exemplos de ‘fofura’:
Lulu13aparencia2 Lulu05 Aparencia LuluAvFofo01

Já algumas alternativas são altamente escrotas com valores bastante pequeno burguês
Lulu09 humor 2  Lulu04 Ambicao roupa LuluAvEsc04 LuluAvEsc01 LuluAvEsc02 LuluAvEsc03    Lulu-11-ambicao-2 Lulu12-relacionamento2   

Teve algumas nonsense, algumas discutíveis e algumas óbvias, mas não quis printar todas elas.

Já a parte das hashtags é uma coisa ‘rir pra não chorar’, até agora me pergunto que cazzo seria ‘toca vuvuzela’. Pouca coisa se aproveita a maioria parece uma piada…. E eu testei e as tags não influenciam nas notas…. enfim segue a lista completa clique na imagem para ver ampliada:

Tags Positivas Tags Negativas

Fora as frases ‘motivacionais’ do tipo ‘fulano não tem nenhuma avaliação ajude ele’ e imagens de gente bonita, alegre, feliz e retardada, que pra mim, uma jovem senhora dark, é bastante incomoda. A cereja do bolo são imagens de gurias chorando quando um perfil não é encontrado ou dá algum tilt no programa.

lulu15 lulusair

É tudo TÃO RETARDADO que quando você pede pra sair vem a seguinte mensagem:

“Só para entender: nós estamos oferecendo-lhe acesso a mais de um milhão de meninas – meninas que estão aqui especificamente para olhar para você, falar sobre você, e dar-lhe a atenção – e você não está interessado. Você tem coisas melhores para fazer. Você preferiria estar em outro lugar. Nós obtê-lo. Realmente. Isso não parece louco em tudo.” (sim eu joguei no tradutor)

Se o bom senso fosse lugar comum eu poderia apenas publicar essa frase, mas se o bom senso fosse lugar comum o Lulu nunca seria lançado, se fosse ninguém usaria, se alguém usasse seriam tão poucas pessoas e tão sem relevância que ninguém se importaria….

Humanos…. Felizmente há ainda bom senso na internet. Sei que esse texto foi bastante extenso, mas mesmo assim quero botar alguns links de coisas que li e curti sobre o Lulu

Lulu e a coceira que a etiqueta causa
Lulu: O App Que Veio Provar Que Objetificação Não É Legal (Não Importa O Gênero)
O Whatsapp virou um armazém de pornografia involuntária
(ok não é sobre o Lulu, mas tá valendo)

Anúncios

Read Full Post »

Sabe Zélia, você se foi, mas eu não fico triste pela sua ida. Não que eu esteja alegre, mas é que creio que você está indo pra cuidar do seu Jorge! E eu acho isso tão lindo!!!!

Você é linda! Você é um exemplo de mulher!

Uma mulher de verdade!

Não nos termos da música, pois o que há de mal na vaidade?

Mas em termos reais!

Uma mulher que não teve medo de ser feliz. Que lutou pelo seu amor. E que cuidou de marido e filhos sem deixar de ser uma pessoa por conta disso. E muito menos de ter a necessidade de mostrar ao mundo ou provar qualquer coisa.

Eu sei, eu sei… eu não devia ficar encucada com essas bobagens…

Mas é que é tanta azucrinação que eu acabo não conseguindo ignorar!

Porque tem tanta gente que sente essa maldita necessidade de provar que é mulher mas não é feminista. Que é mãe mas é moderna. Que é esposa mas é pessoa? Porque as pessoas não podem apenas serem elas mesmas sem ter que ficar provando nada, principalmente provar o que não é….

Sabe pessoas como você fazem falta no mundo…

Eu sou como você. Não que eu seja letrada e vivida tanto quanto você. Mas eu gosto e me orgulho de ser esposa! Gosto de ver meu marido bem cuidado, minha casa bem arrumada e o dia que eu tiver filhos quero vê-los bem tratados!

Matrona com orgulho!

Matrona sem deixar de ser pessoa, mulher, amante, gateira, etc, etc e mil etcs. Pois a maior magia de ser mulher é ser muitas ao mesmo tempo! E ser por prazer! Sem alardes!

Ser muitas em uma, pois ser essas muitas, é o que nos faz feliz!

Muita Luz!

Cuida do seu Jorge!

.

.

.

Um pouco mais sobre essa mulher de verdade:
http://www.fundacaojorgeamado.com.br/zelia_cronologia.htm

Read Full Post »